ALOPÉCIA I - QUEDA DE FIOS

 

Queda de fios, entenda.

Vamos falar sobre queda de cabelo, um problema que aflige homens e mulheres, independente de raça ou idade.

A queda de cabelos não é coisa de outro mundo, diariamente perdemos em torno de 50 aos 100 fios de cabelo, você nem percebe esses fios caindo, apenas no banho ou quando escovamos o cabelo que temos a noção do “estrago” com fios presos no pente ou no ralo do banheiro. O problema está quando esses fios não são substituídos e começam a aparecer falhas no couro cabeludo, isso se dá por diversos motivos que serão discutidos nesse artigo.

 

Calvice Feminina.

O público em geral é mal informado, alopécia (queda dos fios), também ocorre em mulheres. Muitas pessoas acreditam que somente os homens podem ficar calvos. Por esta razão, qualquer mulher que se encontra com esta condição é alvo da surpresa da maioria pessoas.

Muito se fala sobre quedas, mas que pouco se ouve é que ela pode ser uma doença, ou mostrar que algo no seu corpo não anda bem. Nosso cabelo é rapidamente afetado quando há algo errado em nossa saúde.

Procure sempre um especialista. Na área médica, chamamos esse profissional de: Tricologista.

A Tricologia Capilar vem tendo um grande aumento nos últimos anos, é uma área multidisciplinar que estuda e trata os problemas que os fios (e couro cabeludo), apresentam.

 

Calvície Hereditária.

Se tem membros na família com queda capilar é normal que comece a notar sinais de queda de cabelo a determinada altura. O processo de queda capilar geralmente começa quando os homens se aproximam da meia-idade, apesar de poder acontecer mais cedo em algumas pessoas, afetando homens de 18 ou 19 anos.

Pode ser herdado tanto pelo lado materno, quando pelo lado paterno da família. Há uma tendência maior que é a calvice seja herdada pelo lado materno, mas nem todos os genes foram identificados ainda.

 

Estresse.

Situações como problemas financeiros e familiares podem resultar em estresse. Algumas vezes este quadro pode levar à queda dos fios. Esta condição será revertida quando o quadro emocional da pessoa voltar a se estabilizar.

 

Remédios/Medicamentos.

Algumas drogas possuem efeitos colaterais como a queda de cabelos. Entre os exemplos estão medicamentos para depressão, artrite, hipertensão, problemas cardíacos... se você toma algum medicamento, leia a bula com atenção.

 

Febre alta e infecções graves.

Este quadro pode gerar queda acentuada de cabelos, mas também se resolve sozinho, entre 1 a 3 meses.

 

Pós-parto.

É muito comum a queda acentuada de cabelo após o parto, pois muitos fios entram na fase de repouso. Isso pode durar por até 6 meses, mas o problema se resolve por si próprio. Procure seu médico, existem medicamentos que podem auxiliar nesta fase.

 

Produtos Químicos.

Tinturas, água oxigenada, permanentes, alisantes, descolorantes e outros produtos podem enfraquecer os cabelos levando-os a queda. Nestes casos é necessário interromper o uso do produto até o crescimento de novos fios.

 

Tratamentos contra o Câncer.

Tratamentos como a quimioterapia causam a perda de cabelos, podendo atingir cerca de 90% dos fios. Após o encerramento do tratamento, os fios voltam a crescer normalmente.

CONHEÇA A LINHA ORANGE COSMÉTICOS

Linha Profissional

O Melhor Tratamento

Home Care

Tratamentos Especiais

ORANGE COSMÉTICOS