ESTRUTURA CAPILAR

 

Desvendando o fio:

Vamos explicar simplificadamente sobre a estrutura capilar, nos próximos artigos iremos nos aprofundar, assim permitimos que todos possam conhecer as partes que formam a estrutura capilar.

Os fios de cabelos têm uma composição complexa, a estrutura capilar é formada por cutícula, cimento intercelular, córtex e medula.

A cutícula

A cutícula é a parte externa do fio, ou seja, a primeira camada do fio, a parte que conseguimos ver e tocar.

Sua função é de proteção ao fio, ela cria uma barreira e quando em bom estado as células se apresentam alinhada, o que irá garantir maciez ao fio, brilho e penteabilidade.

Por outro lado, se a cutículas estiver danificada, costumamos falar com as cutículas levantadas (escamas), os fios tornam-se ásperos e sem brilho, pois quanto mais alinhada a superfície, maior será a reflexão da luz (brilho).

O cimento intercelular

Garante uma fibra sadia. Seu papel é manter à boa saúde capilar e garante a proteção das cutículas e do córtex.

Porém são vulneráveis à degradação, causada pelos raios UV e tratamentos químicos.

O córtex

Responsável pelas propriedades físicas e mecânicas da fibra, como força, elasticidade e cor (grânulos de melanina: eumelanina: preto ao marrom e feomelanina: amarelo ao marrom avermelhado). É considerado a camada intermediária da fibra.

A medula

A medula está situada na parte central do fio. Sua presença ao longo do fio é descontínua, podendo até ser ausente. E ainda não há determinação da função da medula.

Como sei se meu cabelo está saudável?

Os sinais de uma cabelo não danificada, são os tão desejados por todas as mulheres: brilho, maciez, facilidade ao pentear, resistência e flexibilidade.

Como ocorre a fragilização dos fios?

Danos mecânicos: ocorrem nos cuidados diários, como o simples ato de escovar os cabelos e lavar.

Danos térmicos: ocorrem devido ao calor de secadores e chapinhas.

Danos químicos:

Descolorações: Oxidação da melanina existente no córtex. A reação de oxidação pode destruir algumas ligações de dissulfeto e danificar a cutícula tornando-a mais porosa.

Colorações: Tinturas capilares podem proporcionar abertura das cutículas, visando otimizar a absorção dos corantes pelo córtex, diminuindo brilho, maciez e penteabilidade.

Permanentes e Alisantes: Ambos os processos modificam as ligações químicas responsáveis pela coesão da fibra e o cabelo fica mais frágil com necessidade de tratamento.

Nos próximos artigos, vamos nos aprofundar e conhecer detalhadamente cada parte do fio.

CONHEÇA A LINHA ORANGE COSMÉTICOS

Linha Profissional

O Melhor Tratamento

Home Care

Tratamentos Especiais

ORANGE COSMÉTICOS