SECADORES - HISTÓRIA

 

Secador, como foi inventado...

A ideia de secar o cabelo por meio de uma corrente de ar surgiu logo após os primeiros anúncios do aspirador doméstico, na cidade norte-americana de Racine.

Sem a invenção do aspirador, primeiro, e do liquidificador, depois, jamais teria sido possível inventar o secador de cabelo. E como surgiu esta idéia de se secar o cabelo?

Um dos primeiros anúncios desse aspirador, chamado "pneumatic cleaner", ou máquina de limpar por meio do ar, sugeriu ao inventor do secador a sua própria publicidade: observava-se uma senhora secando seu cabelo, com uma mangueira ligada ao aspirador.

 

Ou seja, o mesmo aparelho podia servir para ambas as coisas, dizia-se naquele momento da história dos eletrodomésticos em que imperava o conceito do multi-uso.

 

SIM, ISTO É UM SECADOR:

Alguns modelos exóticos foram criados.

Durante mais de dez anos, a empresa fabricante de motores da cidade de Racine, nos Estados Unidos da América, perseguiu a descoberta de um motor prático e eficaz para utilizar em eletrodomésticos de pequeno formato. Uma vez conseguido isso, não foi muito difícil aplicá-lo ao secador, combinando-o com a descarga de ar quente procedente do aspirador. Foi assim que nasceu o conhecido secador de cabelo.

O problema é que o aparelho, ainda assim, era muito volumoso. Além de que tinha pouca potência, era bastante pesado e, como se não bastasse, aquecia de mais e com excessiva frequência.

Entretanto, era natural que o secador de cabelo nascesse exatamente na mesma cidade onde fora inventado o liquidificador: Racine, no estado de Wisconsin, EUA.

Foi ali que apareceram, em 1920, os primeiros modelos do secador de cabelo da história do Mundo: o "Roce", da Racine Universal Motor Co., e o "Cyclone", da Hamilton Beach. Ambos eram modelos manuais e muito práticos.

Na década de 1930, novos aperfeiçoamentos foram melhorando o produto. Entre eles, a vantagem de se poder controlar a temperatura e a própria velocidade.

Mas a primeira grande inovação chegaria só no ano de 1951, quando a famosa cadeia de grandes armazéns Sears Roebuck and Co., incluíu no seu catálogo de vendas um secador de cabelo portátil, ao preço de 13 dólares. Tratava-se de um secador manual, com a sua touca de plástico cor-de-rosa, que se unia à boca do tubo e se ajustava à cabeça do utilizador.

 

O aparelho, realmente inovador, não tardou a alcançar uma grande popularidade e, nos finais da década 60, tornou-se tão habitual nas mulheres, como até mesmo entre os homens. Numa década, precisamente, em que os penteados ganharam outro glamour, com redondezas e aparatos só possíveis com a ajuda deste pequeno aparelho mágico.

Sem excepção, ambos os sexos recorriam, depois da dua ou do banho, ao modelo criado por Ann Barton, nome do primeiro secador de cabelo. E que, a partir daí, foi objecto das amiores vendas registadas em todo o Mundo. Afinal, parecia ser a coisa mais natural do planeta..

CONHEÇA A LINHA ORANGE COSMÉTICOS

Linha Profissional

O Melhor Tratamento

Home Care

Tratamentos Especiais

ORANGE COSMÉTICOS